Entre em contato 99386-9615
Avançado
Procurar
  1. Home
  2. Carnaval 2020: Herpes labial – Saiba como controlar esse vírus
Carnaval 2020: Herpes labial – Saiba como controlar esse vírus

Carnaval 2020: Herpes labial – Saiba como controlar esse vírus

  • 24 de February de 2020
  • 0 Likes
  • 70 Views
  • 0 Comentários


E aí mana beijando muito nesse carnaval? Passando apenas para lembrar sobre o herpes labial que pode ser transmitido de diversas formas. Portanto, saiba como controlar os sintomas e amenizar as dores.

Assim como os bloquinhos de carnaval… o herpes vem e vai. Mas, uma vez adquirido o vírus, você terá de fazer um esforço constante para mantê-lo inativo. Já que não tem cura. Mas é fácil reconhecer a sensação de queimação e formigamento característicos que antecedem a chegada iminente do herpes oral. Se você estiver preparado de antemão, pode minimizar seus sintomas desagradáveis com remédios caseiros. Conheça os cuidados principais. 

Primeiros socorros
  • Aplique gelo diretamente nas ulcerações. Isso reduz o inchaço e alivia a dor temporariamente. Se essa tática for usada logo ao primeiro sinal de formigamento, logo as bolhas provavelmente ficarão menores.
  • outro recurso é usar aspirina para aliviar a dor, e para outros benefícios. Segundo estudo publicado nos Annals of Internal Medicine sugere que 125 mg de aspirina por dia podem reduzir em 50% o período em que a infecção de herpes permanece ativa.
  • Atualmente, já existem vacinas contra a herpes.   
Derrote a herpes
  • o tempo e o aminoácido lisina despontam como campeões na luta pela cura. Durante uma crise aguda, tome 3 g diariamente até que a doença desapareça. Pesquisas mostram que esse produto impede a replicação (cópia) do vírus.
  • O óleo de linhaça também podem combater a herpes, porque possuem propriedades antibacterianas, antifúngicas e antivirais.  
  • Os fisioterapeutas normalmente recomendam a citronela (melissa) para tratar herpes simples do tipo I, porque seus óleos essenciais contêm substâncias que provaram inibir o vírus. Em estudos conduzidos na Alemanha, portadores de herpes oral passaram a ter episódios mais espaçados, ou erradicaram completamente o vírus ao usar a pomada. Procure uma pomada de citronela nas lojas de produtos naturais e use conforme necessário.
  • Aplique tintura de mirra com um chumaço de algodão, até 10 vezes por dia. A mirra, que ataca diretamente o vírus, é encontrada em lojas de produtos naturais.
  • Misture quantidades iguais de óleo de melaleuca (Teatree) e azeite de oliva e aplique na região 2 ou 3 vezes por dia. O óleo de melaleuca é um potente antisséptico natural. Pesquisas realizadas na década de 1920 mostraram que ele tinha um poder antisséptico até 13 vezes maior do que o do ácido carbólico, o germicida comum da época.
  • tome iogurte com bactérias acidófilas. Alguns estudos demonstraram que esse tipo de bactéria encontrada em algumas marcas de iogurte surpreendentemente impede o crescimento do vírus.

Esse vírus também pode se manifestar como herpes simples, aparecendo, inclusive, dentro da boca.

Quais são os sintomas?

Frequentemente caracteriza-se por bolhas de má aparência e dolorosas na boca ou próximas a ela. Algumas vezes, também ocorrem sintomas que se assemelham a uma gripe e inchaço dos nodos linfáticos adjacentes. As recorrências podem ser mais leves. Entre elas: coceira ou formigamento labial, que podem ser seguida por bolhas cheias de líquido.

Procure um médico imediatamente se:

  • Desenvolver dor nos olhos ou sensibilidade à luz. Isso pode significar que o vírus se disseminou para os olhos, e pode vir a prejudicar a visão.
  • As bolhas permanecerem por mais de duas semanas ou se as recorrências forem frequentes. Você pode necessitar de um medicamento antiviral em creme ou oral.

Quais as causas?

Como o vírus do herpes simples permanece latente nas células após o primeiro episódio, novas bolhas tendem a surgir com frequência. Às vezes, em intervalos de algumas semanas, ou raramente, com intervalos de alguns anos. As bolhas, em geral, reaparecem quando o sistema imunológico é enfraquecido por uma febre ou uma infecção viral. As recorrências também podem ser deflagradas por fadiga, menstruação, estresse ou exposição ao sol e ao vento.  

Como minimizar as crises?

Alguns suplementos podem ajudar a minimizar as crises e acelerar a cicatrização. Eles devem ser usados conjuntamente ao primeiro sinal de aparecimento de bolhas. Os efeitos, contudo, serão observados em dois ou três dias. O mais útil é o aminoácido lisina, que, quando tomado via oral, inibe o crescimento do vírus. Na forma de creme, a lisina pode ser aplicada diretamente às lesões. Pode ser usada a longo prazo e ajudar a evitar a formação de bolhas. Igualmente eficaz é o creme de melissa (erva-cidreira) feito a partir da potente espécie antiviral Melissa Officinalis. Use o creme ao primeiro sinal de formigamento ou coceira.

A vitamina C e os flavonoides também podem ajudar. Como potentes antioxidantes, facilitam a cicatrização eliminando as substâncias naturais que lesam as células; conhecidas como radicais livres. Ambos também fortalecem as células do sistema imunológico que combatem o vírus. A vitamina A e o selênio também possuem propriedades antioxidantes. Juntamente com o óleo de linhaça, aceleram o processo de cicatrização, promovendo a renovação celular. A vitamina A também é encontrada na forma tópica. Aplique-a diretamente às bolhas, alternando com óleo de vitamina E. Crises podem ser tratadas com plantas imunoestimulantes equinácea e hidraste, que são antivirais e antibióticos naturais.  

O que posso fazer?

  1. Use filtro solar (FPS 15 ou maior) nos lábios para evitar recorrências;
  2. Não toque as bolhas. Isso pode disseminar o vírus, assim como compartilhar objetos pessoais como toalhas, aparelhos de barbear, copos ou escovas de dente;
  3. Evite ingerir nozes, chocolate, cereais integrais e gelatina. Esses alimentos contêm grande quantidade de aminoácido arginina. Alguns médicos acreditam que esse aminoácido deflagra o surgimento de bolhas. Mas a lisina pode neutralizar seu efeito.

Infelizmente a herpes não tem cura, mas pode ser controlada com esses cuidados. Fique alerta aos sintomas da doença e não deixe de cuidar. Em caso de dúvida, procure ajuda médica. 

Onde buscar tratamento em Manaus:

A população conta agora com o ipok, um aplicativo inovador de Saúde, cujo objetivo é facilitar o dia a dia de usuários que precisam agendar uma consulta médica de forma prática, ágil e segura. Além, de avaliar o atendimento de um profissional de saúde, efetuar buscas por profissionais especializados é possível acompanhar notícias atualizadas da área de saúde. No app você pode agendar consultas com clínico geral, ginecologistas em Manaus, entre outras especialidades. 

Atenção: A informação descrita acima, serve apenas como apoio e não, substitui em hipótese alguma, a consulta médica com um profissional especializado. Para um diagnóstico preciso, procure uma avaliação médica de sua preferência ou em alguma unidade de saúde pública mais próxima da sua região.

FONTE: Portal Terra Saúde

  • Compartilhar:

Deixe o seu comentário

WeCreativez WhatsApp Support
Agende aqui seu exame ou consulta!
👋Olá, como podemos ajudar?