Entre em contato 99386-9615
Avançado
Procurar

Endocrinologista e Metabologistas

Saiba mais sobre

A endocrinologia é uma especialidade médica que abrange o diagnóstico e tratamento de diversas patologias

A endocrinologia é uma especialidade médica que cuida dos transtornos das glândulas endócrinas.

Essas glândulas produzem várias substâncias que auxiliam na função do organismo. 

O organismo possui dois tipos de glândulas, as endócrinas (substâncias lançadas na corrente sanguínea conhecidas como hormônios) e as exócrinas (produção de substâncias levadas para os canais excretores que se abrem em superfície interna e externa). 

Segundo a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, existe no mercado aproximadamente 4.300 especialistas registrados.

A metabologia é a especialidade médica responsável por tratar as doenças do metabolismo. O metabolismo é o conjunto de transformações no organismo são eles: desenvolvimento, renovação e produção de energia.

A metabologia caminha lado a lado com a endocrinologia, por se tratar de duas especialidades novas na medicina, além de ter o melhor entendimento das reações que permitem o crescimento e desenvolvimento adequados do controle do peso, composição corporal, processo de infertilidade e envelhecimento, entre outras situações.

O endocrinologista é o profissional que se especializou nos estudos das glândulas e do metabolismo e, é o responsável por investigar e diagnosticar pacientes que apresentam alguma patologia ocasionado por uma desordem hormonal. Essa desordem pode ocorrer diversos fatores, entre eles o fator genético, estilo de vida e ambiental.

Os endocrinologistas passaram a ser mais solicitados devido o crescimento ao crescimento das doenças relacionadas a questões hormonais. Neste campo profissional, o endocrinologista também pode se especializar em: neuroendocrinologia, endocrinologia feminina, andrologia, endocrinologia pediátrica e recentemente o profissional passou a tratar a endocrinologia do exercício e do esporte.

O número de doenças tratadas por esse profissional é bem extenso. Veja algumas doenças:

provocada por uma disfunção na tireóide que ocasiona a queda dos hormônios T3 e T4. Essa deficiência pode afetar a frequência cardíaca, temperatura corporal e os aspectos do metabolismo. Entre os sintomas, os principais são: fadiga, sensibilidade ao frio, constipação, pele seca e ganho de peso involuntário. A doença afeta principalmente as mulheres idosas;

Provocada pelo agrupamento de células na glândula tireóide e pode ser causada por cistos cheios de líquidos e nódulos sólidos. Entre os sintomas os principais são: dor na parte da frente do pescoço, rouquidão, dificuldade de engolir e respirar, tosse incessante, entre outros;

É provocada quando o corpo não consegue produzir a ação da insulina o suficiente para as células, ocasionando a hiperglicemia. Existe dois tipos de diabetes, o T1 que acontece quando as defesas do organismo ataca as células do pâncreas que produzem insulina. Já o T2, ocorre por conta do abuso de carboidratos e aumento de glicose no sangue (doces).

É uma doença crônica caracterizada pelo aumento de gordura corporal, e é diagnosticada quando o índice de massa corporal imc excede 30, indicando que o nível de gordura do corpo estar acima do normal. 

Provocada pelo sangramento do útero entre as menstruações, causando dor. Os principais sintomas são: sangramento persistente por mais de uma semana (ciclo menstrual), dor no peito, coágulos de sangue, fraqueza e hemorragia intensa;

provocada pelo aparecimento de pelos pubianos em meninas com menos de 8 anos, aumento de pênis e testículos dos homens, caracterizando a puberdade precoce;

provocado por um distúrbio hormonal em mulheres na idade reprodutiva. Causada pelo aumentos dos ovários devido o aparecimento de pequenos cistos na parte externa do órgão. Os principais sintomas são: irregularidade menstrual, excesso de pelos, acne e obesidade;

a hipófise é localizada na base do cérebro e produz determinada quantidade de hormonas, a doença pode ser identificada através da alteração dos hormônios. Entre os sintomas, os principais são: frio excessivo, pele seca, desânimo, esquecimento;

É uma condição que acomete principalmente as mulheres acima dos 45 anos de idade, deixando os ossos frágeis e porosos ao longo do tempo. Com o tempo a doença pode aumentar o risco de fraturas no quadril, costela e fêmur;

Diagnóstico e tratamento

Para o tratamento das doenças que acometem as glândulas endócrinas, o mais indicado é procurar um endocrinologista, o médico analisará a patologia relacionada a disfunção glandular e em seguida deve ajudar no diagnóstico e tratamento específico para cada caso. 

A procura por esse especialista deve ser feita, independentemente da idade, se houver qualquer disfunção hormonal, ou se algum dos sintomas forem detectados é importante fazer um check-up. O especialista realizará o tratamento a partir da avaliação do quadro do paciente e dos fatores endócrinos-metabólicos de forma individualizada. 

O objetivo dos exames passados por esses especialistas é identificar a produção excessiva ou deficiente dos hormônios e qual a causa desse desequilíbrio. Pode ser usado os exames de imagem como cintilografia, ultrassonografia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Como encontrar o profissional em Manaus?

O endocrinologista pode ser encontrado no Sistema Único de Saúde (SUS), ou em consultórios particulares. Para garantir que a consulta será com um profissional qualificado, a plataforma de agendamento e marcação de consultas ipok, conta com especialistas disponíveis para sua necessidade. 

Baixando o aplicativo ipok você pode marcar sua consulta com um édico endocrinologista em Manaus através do celular, no tempo e horário que você deseja e, parcelar em até 6x no cartão de crédito. A plataforma chegou para facilitar a sua vida aliada a tecnologia.

Artigos sobre

intestino irritavel
Endocrinologista e Metabologista
contato@thiagomota.com

Conheça o exame que ajuda a identificar doenças graves no aparelho digestivo

Você já fez ou ouviu falar sobre o exame de sangue oculto nas fezes? Pois saiba que este é um exame que merece destaque, dentre os diversos exames desenvolvidos para diagnosticar – com precisão – inúmeras doenças do aparelho digestivo como, gastrite, esofagite, colite, inflamações intestinais, úlceras e até mesmo câncer.

Saiba mais »