Coronavírus: Balanço no Amazonas nesta segunda-feira, 06 de abril

O número de casos confirmados do novo coronavírus no Amazonas saltou para 532. Os números foram atualizados pelo governo nesta segunda-feira (6). Em todo o estado, o número de mortes por Covid-19 já chega a 19. A letalidade local é de 3,57%.

Até a último levantamento divulgado pela Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), no domingo (5), o número de casos confirmados do novo coronavírus no Amazonas era de 417. O aumento foi de 115 em menos de 24 horas. O interior tem 59 casos, com destaque para Manacapuru, com 28.

São 473 casos confirmados só na capital, segundo a FVS-AM. Entre os casos confirmados, 82 estão internados. Em UTI, são 38 pacientes com quadro grave - 22 na rede particular e 16 no Hospital Delphina Aziz - que se tornou a unidade de referência da Covid-19 no estado.

Até esta segunda, 44 já saíram do período de transmissão do vírus. Outros 102 casos suspeitos estão em investigação.

Segundo o secretário de saúde do estado, Rodrigo Tobias, o sistema de saúde ainda não entrou em colapso na ideia de que não existe leitos de UTI. Entretanto, o sistema de saúde do estado é limitado. “Falo isso hoje, mas amanhã esses números podem aumentar. Se pudesse colocar em uma escala, 95%... Numa capacidade de 5% de leitos livres”, comentou o secretário, ao se referir a ocupação de pacientes de Covi-19 e de pacientes de síndromes respiratórias.

Codiv-19 no Interior

Doze municípios do interior do Amazonas já têm registros de casos confirmados de Covid-19, segundo a FVS-AM. A distribuição de casos é:

Parintins: 4

Manacapuru: 28

Itacoatiara: 8

Santo Antônio do Içá: 7

Boca do Acre: 1

Anori: 1

Novo Airão: 1

Careiro da Várzea: 1

Tonantins: 3

Iranduba: 3

Jutaí: 1

São Gabriel da Cachoeira: 1

Manaus entra no radar do Ministério da Saúde por aumento de casos confirmados

O Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, afirmou, durante coletiva de imprensa online, na sexta-feira (3), que Manaus entrou no radar do Ministério da Saúde como local que pode atingir um alto índice de casos confirmados do novo coronavírus no Brasil.

“Manaus entra em nosso radar por ser uma cidade que se relaciona muito com Miami, por exemplo. Além de poder ter ascendências rápidas de curva”, disse Mandetta. O ministro anunciou ainda o envio de 15 respiradores para o sistema de saúde do Amazonas para uso em pacientes com Covid-19.

De acordo com o ministro da Saúde, o país vive um aumento natural no número de casos confirmados. Entre os 260 casos confirmados no Amazonas, 232 são em Manaus. Um total de 89% dos casos. Sete já morreram no Estado com coronavírus.


Envio de respiradores

Ainda durante a coletiva, Mandetta informou que recebeu uma ligação do Secretário de Estado do Amazonas, Rodrigo Tobias, que solicitou uma ajuda de respiradores para o atendimento de pacientes no Amazonas. Ele afirmou que 15 equipamentos foram enviados do Rio de Janeiro para Manaus em um voo da Força Aérea Brasileira (FAB).

O Governo do Amazonas informou que aguarda um comunicado do Ministério da Saúde com previsão de chegada dos respiradores.

Onde buscar tratamento em Manaus:

A população conta agora com o ipok, um aplicativo inovador de Saúde, cujo objetivo é facilitar o dia a dia de usuários que precisam agendar uma consulta médica de forma prática, ágil e segura. Além, de avaliar o atendimento de um profissional de saúde, efetuar buscas por profissionais especializados é possível acompanhar notícias atualizadas da área de saúde. No app você pode agendar consultas com infectologistas em Manaus, entre outras especialidades. 

Atenção: A informação descrita acima, serve apenas como apoio e não, substitui em hipótese alguma, a consulta médica com um profissional especializado. Para um diagnóstico preciso, procure uma avaliação médica de sua preferência ou em alguma unidade de saúde pública mais próxima da sua região.

FONTE: Ministério da Saúde, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM).