Coronavírus: Amazonas tem 67 casos confirmados de coronavírus; dois novos municípios do interior registram infectados

O Governo do Amazonas confirmou nesta quinta-feira (26), 67 casos do novo coronavírus no estado. Segundo a diretora da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto informou que outros 18 casos suspeitos estão em análise.

Dos 67 casos confirmados, sete pacientes estão internados: um no Hospital Delphina Aziz - que se tornou a unidade de referência da Covid-19 no estado - e seis, em hospitais privados em Manaus. 

O interior teve mais confirmações de casos: além dos dois registrados em Parintins, um foi confirmado em Santo Antônio do Iça, e outro em Boca do Acre - cuja confirmação foi realizada em Rio Branco.

Na última terça-feira (24), morreu o primeiro paciente com Covid-19 no Amazonas. A vítima era um homem de 49 anos, de Parintins - o primeiro caso confirmado da doença no interior do estado. 

De acordo com dados do governo, o paciente era portador de hipertensão arterial sistêmica. Ainda segundo informações do governo do estado, a viúva da vítima está em isolamento domiciliar na capital e tem quadro estável, por se tratar de um dos casos confirmados da doença.

Medidas

Entre as medidas restritivas mais importantes anunciadas pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, está o fechamento do comércio no estado de serviços que sejam considerados essenciais.

Segundo Rosemary, da FVS, se todas as pessoas colaborarem e ficarem em casa, a circulação do vírus será reduzida. Quanto mais as pessoas respeitarem a recomendação do Ministério da Saúde de manter-se em casa, mais cedo vamos retornar às atividades. Ter pessoas nas ruas não ajuda a recuperar a economia. É necessário sacrifício de todos. 

A partir desta quinta-feira (26), todas as pessoas que passaram pelo aeroporto de Manaus devem entrar em quarentena.

Todos eles, assim como os outros casos suspeitos já identificados, serão monitorados por um aplicativo que vai ser disponibilizado pelo governo. Nele, os pacientes em isolamento social irão atualizar sintomas, para que haja acompanhamento direto da FVS.

No mesmo decreto, sairá a ordem de que agentes da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas passem a ter poder de polícia. Segundo o governador, Wilson Lima, essa medida será importante para que eles estejam nas ruas com esse empoderamento.

Coronavírus no Brasil

Hoje faz um mês da circulação do coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil e que já deixou 77 mortos e 2.915 casos confirmados no país. Os dados são do balanço do Ministério da Saúde, que compilam os dados repassados pelas secretarias estaduais até as 17h30 desta quinta-feira. 

Cardíacos, homens e pessoas acima de 60 anos estão entre os grupos que tiveram mais casos graves e mortes neste mês. O balanço aponta ainda que, nesta tarde, o país tinha 194 pacientes internados em UTIs e outros 205 em enfermarias.

Nova plataforma

Nesta quinta-feira (26), o Ministério da Saúde lançou a nova plataforma de dados do coronavírus: covid.saude.gov.br. Ela traz o número de casos e mortes nacionais e por estados, além do número de pessoas internadas e que já receberam alta hospitalar. O painel de dados traz ainda a atualização de casos novos por dia, permitindo uma análise do comportamento do vírus com o passar do tempo. Por fim, a nova ferramenta traz um gráfico de dados acumulados apontando a curva epidêmica da doença.

Atualização de casos

Subiu para 2.915 o número de casos confirmados de coronavírus (Covid-19) no Brasil, de acordo com as informações repassadas pelos estados ao Ministério da Saúde nesta quinta-feira (26). Até o momento, são 77 mortes, sendo 58 em São Paulo e 9 no Rio de Janeiro. Amazonas registra uma morte, assim como o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. A região Centro-Oeste entrou na lista de óbitos, com uma morte em Goiás. Ceará e Pernambuco registram 3 mortes cada.

Onde buscar tratamento em Manaus:

A população conta agora com o ipok, um aplicativo inovador de Saúde, cujo objetivo é facilitar o dia a dia de usuários que precisam agendar uma consulta médica de forma prática, ágil e segura. Além, de avaliar o atendimento de um profissional de saúde, efetuar buscas por profissionais especializados é possível acompanhar notícias atualizadas da área de saúde. No app você pode agendar consultas com infectologistas em Manaus, entre outras especialidades. 

Atenção: A informação descrita acima, serve apenas como apoio e não, substitui em hipótese alguma, a consulta médica com um profissional especializado. Para um diagnóstico preciso, procure uma avaliação médica de sua preferência ou em alguma unidade de saúde pública mais próxima da sua região.

FONTE: Ministério da Saúde, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), Portal G1.