Notícias Endocrinologista e Metabologista

Teste do pezinho e alterações endócrinas

Nesse mês de junho, no dia 6, foi celebrado o Dia Nacional do Teste do Pezinho.
O Hipotireoidismo Congênito e a Hiperplasia Adrenal Congênita são duas doenças endócrinas que são rastreadas pelo Teste do Pezinho, exame de triagem neonatal que deve ser realizado em todos os recém nascidos após 48h de vida, do 3° ao 5° dia.

Você realizou o exame no seu filho(a), e ficou com dúvidas?
Acha que o resultado do Teste do Pezinho está demorando?
Quer saber quando deve suspeitar de alguma doença antes mesmo do resultado? 

Alguns sinais e sintomas são sugestivos nos bebês, e podem ser notados de forma fácil pelos pais, tais como: 

  • dificuldade para se alimentar;
  • icterícia prolongada (pele amarelada);
  • inchaço nos olhos, pés e pernas;
  • distensão (inchaço) abdominal;
  • bebê pouco ativo;
  • atraso no desenvolvimento;
  • irritação,
  • choro excessivo;
  • baixo ganho de peso ou mesmo perda de peso;
  • vômitos.

O que fazer?

Em caso de suspeita pelos sintomas citamos, ou de resultado alterado para essas doenças, deve-se imediatamente solicitar uma avaliação clínica por um Endocrinologista Pediátrico, que solicitará exames confirmatórios.

Após avaliação médica, o bebê deve ser submetido a exames laboratoriais específicos para a condição clínica suspeita, e em alguns casos mais graves deve até mesmo já iniciar tratamento enquanto aguarda o resultado.

Texto desenvolvido por Dr. Cristiano Castanheiras, Endocrinologista Pediátrico - caso você deseja agendar uma consulta acesse. https://ipok.app/profissional/drcristianosilva