ipok dicas: 8 passos para lidar com ansiedade e estresse

A vida moderna tem muita praticidade, é verdade. No entanto, traz com ela inúmeros problemas como, estresse, ansiedade, angústia e insegurança, que segundo especialistas são os males do século 21. Todos sentimentos que pulsam em larga escala na sociedade. Em partes, explicados por variáveis sociais, econômicas e políticas. Junto com isso, vem a tsunami tecnológica da era digital.

Essa enxurrada de mudanças aliadas a pressões profissionais, consumo excessivo de informação, entre outros problemas da vida moderna, são fatores que podem ativar os transtornos mentais, alertam os especialistas.

Pesquisa da International Stress Management Association (ISMA-Brasil) de 2016 revela que 81% da população economicamente ativa sofre de ansiedade, que a angústia afeta 73% das pessoas e que 61% vivem preocupadas. 

O Brasil é o país com maior número de pessoas ansiosas com cerca de 9,3% da população, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). E não para por aí. Novos dados mostram que 86% dos brasileiros sofrem com algum transtorno mental, como ansiedade e depressão.

Sintomas típicos de estresse e ansiedade incluem taquicardia, cansaço frequente, insônia, falta de ar e irritabilidade. Se você já teve algum quadro clínico associado a alguma dessas coisas, sabe o quão difícil é se livrar delas. Embora a gente sempre sugira buscar um médico caso você perceba que anda nervoso demais e isso esteja afetando sua saúde, há várias técnicas aprovadas por psicólogos que podem te ajudar a lidar melhor com isso.

Veja quais são:

1. Esteja presente

Meditar é apenas uma das maneiras de estar presente. Praticar exercícios, fazer caminhadas ou mesmo ter um hobby que tome 100% da sua atenção - essas coisas focam você no momento e evitam que você pense no que poderia ter sido e não foi e nas possibilidades do futuro, coisas que costumam intensificar a ansiedade e o estresse.

2. Entenda o poder da sua respiração

Ansiedade e estresse geram respiração ofegante. E retomar o controle da sua respiração pode, no caminho inverso, acalmar sua mente. Respire fundo algumas vezes quando sentir que está nervoso e isso enviará ao seu cérebro a mensagem que você está calmo - pois geralmente quem está calmo respira devagar.

3. Cultive um olhar diferente em relação aos seus problemas

Você pode olhar para uma situação estressante - um problema de saúde - como uma situação estressante ou algum problema profissional. É tudo uma questão de ponto de vista. Deixe a pressão te ajudar a cuidar da sua saúde melhor, em vez de trazer à tona suas inseguranças.

4. passos preventivos

Aprender a reconhecer a ansiedade tem aspecto normal, que faz também um aspecto patológico, de saber se tenho que fazer alguma coisa ou estou exagerando. Não há vida sem risco, é preciso fazer a conta da probabilidade. E trabalhando isso na psicoeducação.

Se é normal, é aliada;

5. Ocupe a mente (mas não muito)

Mantenha-se ocupado o suficiente para não deixar o ciclo de pensamentos negativos seguir seu curso. Não adianta se estressar mais ainda, mas tente manter-se compenetrado em tarefas de alto nível de atenção e que não sejam muito chatas.

6. Exercite-se

Exercitar-se faz bem para sua mente e para o seu corpo, além de ajudar a diminuir os níveis de estresse e ansiedade. Uma caminhada é suficiente: depois de 21 minutos andando, você vai perceber alguns efeitos benéficos do exercício no seu organismo: mais calma (o), foco e disposição.

7. Durma bem

Dormir bem e suficiente pode ser a solução para muitos problemas do seu dia-a-dia, e não é diferente com estresse e ansiedade, que inclusive causam insônia. Então, minimizar distrações e luzes, fazer do seu quarto e da sua cama um santuário do sono e esvaziar a cabeça antes de dormir podem te ajudar.

8. Pratique mindfulness

Sistema inglês de meditação para quem depressão recorrente, para aprender a lidar com esses sintomas. E parte da nossa ansiedade tem a ver com o que estamos pensando. Se conecta ao momento em que se está vivendo, pensar no aqui e agora, às coisas simples da vida, como prestar atenção na música que estou ouvindo no carro e não ficar pensando nos problemas.

Onde buscar tratamento em Manaus:

A população conta agora com o ipok, um aplicativo inovador de Saúde, cujo objetivo é facilitar o dia a dia de usuários que precisam agendar uma consulta médica de forma prática, ágil e segura. Além, de avaliar o atendimento de um profissional de saúde, efetuar buscas por profissionais especializados é possível acompanhar notícias atualizadas da área de saúde. No app você pode agendar consultas com psicólogos e psiquiatras em Manaus, entre outras especialidades. 

Atenção: A informação descrita acima, serve apenas como apoio e não, substitui em hipótese alguma, a consulta médica com um profissional especializado. Para um diagnóstico preciso, procure uma avaliação médica de sua preferência ou no serviço público de saúde.

FONTE: Organização Mundial da Saúde, International Stress Management Association (ISMA-Brasil)