Notícias Gastroenterologista

Gastrite: a responsável por provocar queimação no estômago

Saiba tudo sobre a doença causada pela bactéria helicobacter pylori

A gastrite é a inflamação da mucosa que reveste a parede do estômago, sintomas como dor e queimação são comuns em pessoas que sofrem com a doença. A helicobacter pylori, bactéria responsável por esse mal se aloja na parte interna do estômago e libera a urease, enzima que possibilita a concepção da ureia e ácido carbônico, para posteriormente criar o bicarbonato. Após todo esse processo a bactéria se beneficia do resultado que a enzima oferece gerando a multiplicação desse agente infeccioso.

Com o surgimento desenfreado dessa bactéria as células de defesas acabam por não conter a ação desse agente, comprometendo a parede da mucosa do estômago possibilitando a produção de ácidos gástricos presentes nos sucos gástricos.

Classificação

Existem os tipos mais comuns de gastrite, são elas: 

  • Gastrite nervosa: não produz inflamação aguda no estômago, mas provoca a azia e queimação e surge por motivos emocionais como o estresse e ansiedade.
  • Gastrite crônica: tem duração prolongada podendo ocorrer a atrofia, alterações no revestimento da mucosa do estômago e é provocada por variação autoimune e bactérias (H. pylori).
  • Gastrite aguda: possui uma evolução rápida, aumentando o ácido gástrico e tendo a diminuição do fluxo sanguíneo afetando diretamente a mucosa do estômago.

Causas

Alguns fatores podem desencadear a gastrite, como:

O uso exacerbado de anti-inflamatório, o qual pode provocar a diminuição de uma substância que protege o revestimento do estômago; bebidas alcoólicas, prejudicial ao estômago causando danos nos sucos gástricos produzidos para a digestão; doenças autoimunes, quando as células de defesa atacam as células do corpo ao invés de combaterem o organismo invasor; ingestão de produtos com cafeína; consumo de alimentos gordurosos e ácidos; o uso de drogas.

Além disso, pessoas com  idade avançada também estão propensas a desenvolver a gastrite, pois com o tempo a produção de muco no estômago diminui. Pessoas que contraíram o vírus HIV/Aids tornam-se vulneráveis a essa bactéria pela falha no sistema imunológico. 

Conheça alguns sintomas

Os sintomas de gastrite variam de uma pessoa para outra, conheça alguns deles:

  • Dores abdominais, queimação e azia;
  • Náusea, inchaço abdominal e vômito de sangue;
  • Perda de apetite, perda de peso e indigestão;
  • Fezes escuras.

Diagnóstico e tratamento

Quando se tratar de gastrite o médico aconselhável para o tratamento é um gastroenterologista, o qual avaliará os sintomas e histórico familiar da doença.

Então, através de exames, como a endoscopia, que busca os sinais da inflamação, raio x, cultura de fezes, com intuito de identificar se há a presença de sangue ou alguma bactéria atípica às que são encontradas normalmente no trato digestivo e exames de sangue ou teste respiratório para detectar a presença da bactéria. 

Atenção! O uso de medicamentos sem o consentimento de um especialista pode levar a alguma complicação ao paciente. É importante visitar um médico regularmente e seguir todas as orientações