Notícias Ortopedista e traumatologista

Escoliose Idiopática em crianças e adolescentes

A escoliose idiopática é a forma mais comum de escoliose e pode ser vista em 2 a 4% das crianças entre as idades de 10 e 16 anos.

Meninas e meninos são igualmente afetados, porém a probabilidade de evoluir com necessidade de tratamento é 10 vezes maior nas meninas.

Fatores genéticos contribuem com cerca de um terço do risco de desenvolvimento da doença.

A primeira suspeita de escoliose pode ser a visão de um ombro mais elevado do que o outro ou quando as roupas não se alinham corretamente, porém é mais frequentemente detectada durante exame físico de rotina com ortopedista.

Outros achados incluem discrepância aparente do comprimento das pernas e assimetria da coluna.

Em caso de suspeita ou dúvida procure imediatamente o seu ortopedista.

Texto desenvolvido pelo Dr. Medre Henrique, Especialista em Ortopedia Pediátrica - caso você deseje agendar uma consulta acesse: https://ipok.app/profissional/medrehenrique