Coronavírus: Tudo que você precisa saber

No mês de dezembro, um vírus chamado coronavírus (COVID-19) foi identificado na China e tornou-se um dos assuntos mais comentados nos noticiários diários fundo a fora. A doença pode causar problemas respiratórios que geralmente se assemelham com resfriado ou gripe, que podem se agravar ou evoluir com rapidez, gerando complicações respiratórias. 

Veja algumas informações importantes e saiba como prevenir-se da doença:   

Como é transmitido?

Assim como os resfriados e a gripe, este vírus é transmitido através de gotículas eliminadas pela tosse, espirra de pessoas doentes ou pelo contato com superfícies e objetivos contaminados.

Quais são os sintomas?

Os sintomas mais comuns são febre, tosse, irritação na garganta, congestão nasal, calafrios, dor de cabeça e dificuldade para respirar. Nos casos mais graves, a doença pode evoluir para pneumonia ou insuficiência respiratória. Em alguns casos, há também sintomas gastrointestinais, tais como, dor abdominal, náuseas e vômitos.

Existe tratamento?

Ainda não existe vacina ou tratamento específico para o COVID-19, mas alguns estudos já estão sendo desenvolvidos nos EUA, na China e Rússia. 

Há caso de COVID-19 registrado no Brasil?

No último dia 26 de fevereiro, o primeiro caso de coronavírus (COVID-19) foi confirmado no país, na cidade de São Paulo. O Ministério da Saúde, em Conjunto com outras secretarias estaduais de saúde, está agindo de acordo com os protocolos da Organização Mundial da Saúde (OMS), tomando medidas como, por exemplo, contactar as pessoas que estiveram no mesmo voo ou em contato direto com o paciente infectado. É importante reforçar que as autoridades seguem com ações de controle e vigilância nos aeroportos, além de alertas em hospitais para garantir a segurança e a saúde da população brasileira.

Prevenção

  • Lave as mãos com frequência, inclusive após tossir ou espirrar, ou higienize-as com álcool gel.
  • Proteja a boca e o nariz quando tossir ou espirrar. Não toque mucosas com as mãos não higienizadas.
  • Evite contato próximo com pessoas que apresentam sintomas de doenças respiratórias.
  • Evite viajar para países com casos de transmissão local: China, especialmente a região de Hubei, Itália, Irã, entre outros.

Quando buscar ajuda médica?

Caso surja algum sintoma, é importante procurar atendimento médico, evitar locais com aglomeração de pessoas e visitas a pacientes em hospitais. Assim, você contribui para a redução da transmissão de diversos vírus, incluindo o COVID-19.

Onde buscar tratamento em Manaus:

A população conta agora com o ipok, um aplicativo inovador de Saúde, cujo objetivo é facilitar o dia a dia de usuários que precisam agendar uma consulta médica de forma prática, ágil e segura. Além, de avaliar o atendimento de um profissional de saúde, efetuar buscas por profissionais especializados é possível acompanhar notícias atualizadas da área de saúde. No app você pode agendar consultas com infectologistas em Manaus, entre outras especialidades. 

Atenção: A informação descrita acima, serve apenas como apoio e não, substitui em hipótese alguma, a consulta médica com um profissional especializado. Para um diagnóstico preciso, procure uma avaliação médica de sua preferência ou em alguma unidade de saúde pública mais próxima da sua região.

FONTE: Ministério da Saúde, Organização Mundial da Saúde, Beneficência Portuguesa