Coronavírus: App monitora passageiros que desembarcam em Manaus; Sobe para 80 o número de casos confirmados no Amazonas


O Amazonas passou a monitorar remotamente, a partir desta quinta-feira (26), todos os passageiros que desembarcarem no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes, em Manaus. A medida faz parte do decreto assinado pelo governador Wilson Lima, para orientar sobre a quarentena obrigatória a todas as pessoas que chegam na capital vindo de outros Estados ou países. 

O monitoramento será realizado durante 14 dias por meio de aplicativo da plataforma de alertas emergenciais SASi, disponível para smartphones com sistemas operacionais Android e IOS. A ação determina isolamento social a todos os que chegam na cidade e faz parte do pacote de medidas complementares para controle epidemiológico e contenção do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no Amazonas, que atualmente tem 67 casos confirmados de Covid-19.

A iniciativa é feita pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), em parceria com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). No primeiro dia de monitoramento, a equipe da FVS realizou a abordagem de quase 700 passageiros, que foram orientados a instalar em seus celulares o aplicativo desenvolvido pelo governo para monitorar remotamente o estado de saúde dos usuários em isolamento domiciliar.

Caso o usuário apresente algum sintoma associado ao novo coronavírus, ele poderá acionar pelo app as equipes que estão de prontidão para dar as orientações e encaminhamentos necessários. De acordo com a FVS, a partir do momento que a pessoa baixar o aplicativo, ela poderá ser acompanhada por uma equipe médica por meio de um chat de conversa, onde ela terá todas as orientações devidas para acompanhamento.

Panorama no Amazonas

A diretora-presidente da FVS, Rosemary Costa Pinto, enfatiza que o aplicativo é um canal em que o cidadão colabora com a FVS-AM e demais autoridades de saúde estaduais no enfrentamento de Covid-19, no Amazonas, a partir da montagem de um panorama dinâmico de pessoas com a doença. Segundo Rosemary, o aplicativo ajuda monitorar os pacientes que estão em domicílio e acompanhar quem chega ao Amazonas com o objetivo de identificar possível aparecimento ou agravamento dos sintomas de Covid-19 nessas pessoas.

O Amazonas já totaliza 80 casos confirmados pelo novo coronavírus (covid-19), segundo os dados atualizados pela Fundação em Vigilância de Saúde do Estado (FVS-AM), na tarde desta sexta-feira (27), durante coletiva online. Rosemary Pinto, comentou sobre os movimentos que estão sendo realizado no País, em relação a suspender o isolamento domiciliar, afirmando ser preocupante, pois pode atrapalhar todo o plano de combate à proliferação do vírus.

Entre esta quinta e sexta-feira, 13 novos casos foram registrados. Dos 80 casos, 74 são de Manaus, dois de Parintins (sendo um óbito), dois em Manacapuru, um em Boca do Acre e um em Santo Antônio do Içá. Seis profissionais de saúde estão entre os casos confirmados.

Coronavírus no Brasil

O Ministério da Saúde atualizou para 92 o número de mortes em decorrência do novo coronavírus no Brasil nesta sexta-feira (27). Ao todo, também foram confirmados 3.417 casos da Covid-19 no país. Até quinta, eram 77 mortes e 2.915 casos confirmados.

Em relação às mortes, o aumento foi de 19%, e de 17% em relação aos casos do dia anterior. 2,7% é a taxa de letalidade do vírus no país até o momento. O estado com maior número de casos é São Paulo, com 1.223 confirmados. Rio de Janeiro aparece na sequência, com 493.

Confira a tabela abaixo com todos os casos:

  • São Paulo: 1.223 casos - 68 mortes (5,6%)
  • Rio de Janeiro: 493 casos - 10 mortes (2,%)
  • Ceará: 282 casos - 3 mortes (1,1%)
  • Distrito Federal: 230 casos
  • Rio Grande do Sul: 195 casos - 2 morte (1,0%)
  • Minas Gerais: 189 casos
  • Santa Catarina: 149 casos - 1 morte (0,7%)
  • Bahia: 115 casos
  • Paraná: 119 casos - 2 mortes (1,7%)
  • Amazonas: 81 casos - 1 morte (1,2%)
  • Pernambuco: 56 casos - 4 mortes (7,1%)
  • Espírito Santo: 47 casos
  • Goiás: 49 casos - 1 morte (2,0%)
  • Mato Grosso do Sul: 28 casos
  • Acre: 25 casos
  • Rio Grande do Norte: 28 casos
  • Sergipe: 16 casos
  • Pará: 13 casos
  • Alagoas: 11 casos
  • Mato Grosso: 11 casos
  • Maranhão: 13 casos
  • Piauí : 9 casos
  • Roraima: 10 casos

Onde buscar tratamento em Manaus:

A população conta agora com o ipok, um aplicativo inovador de Saúde, cujo objetivo é facilitar o dia a dia de usuários que precisam agendar uma consulta médica de forma prática, ágil e segura. Além, de avaliar o atendimento de um profissional de saúde, efetuar buscas por profissionais especializados é possível acompanhar notícias atualizadas da área de saúde. No app você pode agendar consultas com infectologistas em Manaus, entre outras especialidades. 

Atenção: A informação descrita acima, serve apenas como apoio e não, substitui em hipótese alguma, a consulta médica com um profissional especializado. Para um diagnóstico preciso, procure uma avaliação médica de sua preferência ou em alguma unidade de saúde pública mais próxima da sua região.

FONTE:  Ministério da Saúde, Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).