Notícias Urologista

Andropausa: o que é e como lidar com a síndrome metabólica

Saiba tudo sobre a queda dos hormônios sexuais masculinos no processo de envelhecimento da vida

A Andropausa é a queda acentuada na produção de testosterona em homens entre 45-50 anos, a partir dessa idade a deficiência de testosterona sofre um declínio de muita relevância. 

Diferente dos sintomas causados pela menopausa em mulheres, a DAEM (Deficiência Androgênica do Envelhecimento Masculino), menopausa masculina, não é um processo generalizado. Segundo pesquisas apenas 33% dos homens com mais de 55 anos de idade tiveram sua vida sexual afetada por esse mal. 

Muitos homens desconhecem esse processo de envelhecimento com os níveis de testosterona, principal hormônio do sexo masculino, sendo um assunto pouco abordado pelo público em questão. 

Principais sintomas de Andropausa

A queda de testosterona pode ser identificada pelos seguintes sintomas:

  • Diminuição da libido e disfunção erétil, causando a redução dos desejos sexuais, redução da fertilidade e a diminuição do tamanho dos testículos.
  • Perda de massa óssea, massa muscular e perda de energia, causando o aumento de gordura corporal, redução de massa muscular, perda de pelos e diminuição da densidade óssea. 
  • Cansaço e alteração de humor, causando problemas de memória, tristeza, diminuição da autoconfiança, irritabilidade e depressão.

Prevenção: Como minimizar o processo de diminuição dos hormônios

Com a idade avançada o processo de diminuição dos hormônios é inevitável, mas existem alguns fatores que aceleram e tornam precoce a síndrome metabólica, como:

  • Obesidade: acúmulo excessivo de gordura corporal;
  • Hipertensão: caracterizada pelos níveis elevados da pressão sanguínea nas artérias;
  • Diabetes: causada pela falta ou má absorção de insulina;
  • Sedentarismo: causada pela ausência de atividades físicas;
  • Tabagismo: dependência à nicotina;
  • Alcoolismo: dependência ao álcool;
  • Depressão: doença psiquiátrica crônica e recorrente que produz alteração do humor.

Diagnóstico e tratamento

Se caso alguns desses sintomas aparecerem o correto é procurar um Urologista, especialista no sistema reprodutor em pessoas do sexo masculino, o qual irá passar exames de sangue clínicos e laboratoriais e aplicar questionários para identificar os sinais da síndrome. 

Nesse processo pode ocorrer a reposição de testosterona tendo a diminuição dos sintomas e melhor desejo sexual, com um aumento da disposição e bem estar do paciente. 

Fique ligado! A prática regular de exercícios físicos e cuidados com a alimentação ajudam a evitar os incômodos da andropausa. É recomendado que os homens visitem um urologista para acompanhamentos médicos regulares.